Vítima do ódio e preconceito, Roriz fez o PT pagar com a língua no DF

 

Por Fred Lima

 

Independentemente de gostar ou não de seus quatro governos, Joaquim Roriz é vítima do ódio e preconceito em Brasília. Os vociferados, em sua maioria do PT, criticam o modo de governar de Roriz, que concedia moradia e alimentação para a população mais carente. Contudo, o então chefe do Buriti também se lembrava dos mais ricos. A Terceira Ponte do Lago é um exemplo disso.

Quando chegou ao poder, o PT deu prosseguimento às bolsas criadas no governo FHC, fazendo tudo aquilo que outrora condenava nos governos de Roriz. Pagaram com a língua. O Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família e o FIES são programas que já existiam no DF, mas com outra nomenclatura.

Nunca votei em Roriz. Considerava a sua gestão populista e bagunçada em alguns setores. Só que nas áreas de obras e saúde foi um espetáculo. Até hoje não tivemos um secretário de Saúde que superasse Jofran Frejat nem um tocador de obras melhor que José Roberto Arruda e Tadeu Filippelli.

Para vencer a eleição de 2010, os petistas precisaram recorrer ao “mestre de obras” da gestão rorizista. Se existiu algo razoável no governo Agnelo foi exatamente nesse setor, comandado informalmente pelo então vice-governador Filippelli.

Por causa de complicações relacionadas ao diabetes, Roriz teve a sua perna direita amputada nesta quarta-feira (30). Antes, precisou amputar dois dedos do pé. A amputação busca evitar necrose nas extremidades.

Apesar das manifestações de condolências ao ex-governador nas redes sociais, a política do ódio voltou a despontar. Muitos creditam a Roriz o crescimento sem planejamento de Brasília, incluindo o aumento da violência e o desemprego, esquecendo que o governo Lula deu igualmente moradia e alimento aos mais necessitados.

O assentamento promovido pelo então governador nos anos 80 e 90 foi elogiado até pela Organização das Nações Unidas (ONU). Na época, o deputado petista Chico Vigilante também reconheceu a importância do programa, que tirava as favelas do centro de Brasília e colocava as famílias desabrigadas para morar nas novas cidades-satélites criadas.

Só que Roriz também cometeu erros. Sua administração cedeu ao fisiologismo político e sempre recorria a medidas populistas, com a clara intenção de se manter no poder. A campanha de 2002, a mais acirrada de todos os tempos no DF, mostrou um governador buscando a reeleição a todo custo, apelando até para o sentimentalismo barato, ao afirmar que, caso reeleito, colocaria uma mesa do lado de fora do Buriti para atender o povo.

Apesar dos pesares, Roriz foi melhor que Cristovam, Agnelo e Rollemberg. Só perde para Arruda, que fez um governo mais eficiente do ponto de vista administrativo.

Governar Brasília não é fácil. Mesmo assim, Roriz ficou por 16 anos no poder. É o governador mais estável da cidade. Já o PT-DF, seu arquirrival, não conseguiu passar mais de quatro anos no Buriti. Para piorar o pesadelo, viu Lula copiar o modelo rorizista de governar no Planalto.

Pagou com língua de palmo.

 

Da Redação

 

2 thoughts on “Vítima do ódio e preconceito, Roriz fez o PT pagar com a língua no DF

  1. Roriz fez a maior reforma urbana da istoria desse país foi por isso que provocou o ódio do PT pois Roriz deu cidadanias ao povo usou dinheiro do fati para da curso profissionalizante enquanto o PT usou o dinheiro do fati para fazer política com a CUT

  2. Caro Fred Lima.Além de Roriz ,eu e meus filhos sofremos uma perseguição implacável de um Deputado do PT aqui de Brasília.Ele em carta assinada no Correio Braziliense,dia 15 de abril de 1994,me chamou de assassino dizendo que eu tinha atropelado e morto uma criança usando uma carro oficial.,Isso nunca aconteceu.Pedi explicações ao mesmo sobre esse acidente. Ficou calado.Temos todos os documentos.Ai eu chamei de dedo-duro,pois me denunciou para sociedade de Brasília de um crime que eu não cometi.Foi o bastante para ele me processar e hoje tenta nos tomar tudo o que conquista em 60 anos de vida pública.Eu e meus filhos vivemos assustados e com medo da atitude desse Deputado do PT,um homem cheio de ódio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *