Intolerância religiosa: Imagem da Virgem Maria é quebrada dentro de igreja no DF

Foto: Divulgação

 

Por Fred Lima

 

Na tarde desta segunda-feira (12) uma imagem da Virgem Maria foi quebrada dentro do recinto da Paróquia São Jorge e Santo Expedito, da Igreja Sirian Ortodoxa de Antioquia, de Taguatinga Norte. O pároco, monsenhor José Ribamar Rodrigues Dias, lamentou o ato por meio de vídeo (abaixo) publicado nas redes sociais. Ainda não se sabe quem foi o autor do crime.

De acordo com o Art. 208 do Código Penal, o delito pode acarretar detenção, de um mês a um ano, ou multa para quem o praticar:

“Escarnecer de alguém publicamente, por motivo de crença ou função religiosa; impedir ou perturbar cerimônia ou prática de culto religioso; vilipendiar publicamente ato ou objeto de culto religioso:

Pena – detenção, de um mês a um ano, ou multa.”

Para os católicos romanos e ortodoxos, a Virgem Maria é venerada na Igreja desde o início do cristianismo. As duas vertentes do catolicismo se baseiam no Evangelho de São Lucas, capítulo 1, para dedicarem honras e homenagens à mãe de Jesus Cristo. No texto, Isabel, grávida de João Batista, venerou a Virgem, sua prima, chamando-a de bem-aventurada e se sentindo indigna de receber a sua visita.

 

Da Redação

 

2 thoughts on “Intolerância religiosa: Imagem da Virgem Maria é quebrada dentro de igreja no DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *