A semana não está para Alírio

Foto: Reprodução

 

Por Fred Lima

 

Duas notícias ruins para o pré-candidato do PTB ao Palácio do Buriti, Alírio Neto. De acordo com matéria publicada nesta terça-feira (20) pelo Jornal de Brasília, o ex-governador José Roberto Arruda deve mesmo apoiar o seu correligionário na disputa ao governo, o ex-secretário de Saúde Jofran Frejat. Alírio contava com um rompimento entre Arruda e Frejat, incluindo a adesão do ex-governador à sua candidatura.

A segunda notícia desanimadora para o núcleo da campanha petebista é o resultado da pesquisa Exata OP, feita entre policiais militares e bombeiros, divulgada hoje pelo portal Metrópoles. Nela, Alírio Neto perde até para o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) na intenção de voto ao GDF e é o sétimo colocado.

Vale lembrar que o ex-deputado distrital é delegado aposentado da Polícia Civil do DF. Recentemente, Alírio gravou um vídeo afirmando que o seu projeto de segurança pública é muito baseado na PCDF, além de defender uma paridade salarial entre a Civil e a Polícia Federal. O vídeo acabou gerando críticas por parte de PMs e bombeiros, que enxergaram no ato um corporativismo excessivo.

Já faz quatro anos que Alírio está fora da política mandatária. O risco de concorrer ao governo é arriscadíssimo. Em caso de derrota, o ex-secretário de Justiça dos governos Arruda e Agnelo ficaria oito anos sem mandato, o que significaria voltar para a estaca zero da política. Nesse caso, uma candidatura à Câmara dos Deputados pode ser o caminho mais sábio e seguro.

 

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *