Ping Pong com o prefeito de Águas Lindas de Goiás

 

Por Fred Lima

 

Reeleito com mais de 66% dos votos em 2016, Hildo do Candango (PTB) ganhou força política para alçar voos maiores nesta eleição. O sonho do prefeito de Águas Lindas de Goiás é compor a chapa do atual vice-governador de Goiás, José Eliton (PSDB), que deve se licenciar do governo para ser candidato a governador. Hildo pode ser o vice.

Em conversa com o Blog do Fred Lima, o prefeito falou sobre como venceu a eleição com folga, o maior desafio de seu segundo mandato e o papel que pode vir a desempenhar no Governo de Goiás, caso seja escolhido vice e vença a eleição.

 

O senhor venceu a reeleição de 2016 com mais de 66% dos votos. Qual a fórmula utilizada para fazer um bom governo em meio a crise financeira nacional?

Eu acredito que não existe fórmula, existe trabalho e dedicação. Ao assumir a Prefeitura pela primeira vez, encontramos uma Administração sucateada e endividada. Não foi fácil, foi preciso arregaçar as mangas e fazer um planejamento de curto e médio prazo. Tivemos que realmente colocar ordem na casa, mas enquanto fazíamos isso, também preparávamos projetos em todas as áreas, para que pudéssemos captar recursos. E assim foi feito. Acredito que este tenha sido o nosso diferencial mesmo em meio à crise. Não ficamos parados, nos preparamos, trabalhamos muito e o resultado veio. E hoje Águas Lindas é uma cidade em transformação, pois o progresso faz parte do nosso cotidiano.

 

Qual o maior desafio de seu segundo mandato?

Quanto mais trabalhamos, mais desafios nós encontramos pelo caminho. E eu nunca tive medo de trabalho duro, nem tão pouco de desafios. E acredito que neste segundo mandato o desafio continua sendo a infraestrutura, pois meu objetivo é levar asfalto e saneamento básico a todos os bairros, deixando a cidade com 100% de asfaltamento. Estamos quase lá, e continuamos trabalhando para isso. Outro desafio que considero enorme é o transporte público, que em Águas Lindas é algo que a nossa população necessita. Nossa cidade tem o transporte semiurbano, que no caso é regulamentado pela ANTT, e isso nos deixa de mãos atadas quanto a novas linhas, novas empresas ou qualquer outro tipo de melhorias. Temos visto isso em todo Entorno, onde os ônibus são precários, as passagens são caras e a frota insuficiente para atender os usuários. Eu como presidente da Associação dos Municípios Adjacentes à Brasília, a AMAB, tenho lutado ao lado dos prefeitos da região para mudar esta realidade. Criamos o Consórcio para que a gestão do transporte passe para as mãos do Estado e dos Municípios, pois seria mais simples a fiscalização. Contudo, temos trabalhado e unido forças para buscar soluções práticas para todos os anseios de nossa população. E não descansarei enquanto não levar qualidade de vida para todos os nossos cidadãos, honrando a confiança de cada um que acreditou e acredita em nosso trabalho.

 

Seu nome vem sendo indicado para ser vice do José Eliton ao governo de Goiás. Se a chapa se concretizar e vencer as eleições, o senhor trabalhará para uma atenção especial do governo às cidades do entorno?

Fiquei muito feliz por ter meu nome indicado, porque isso mostra que temos feito um trabalho diferenciado em Águas Lindas e que tem chamado a atenção da Capital. Então é algo muito bom para nossa região ter um representante legítimo trabalhando pela nossa população no Palácio das Esmeraldas. Se tudo se concretizar conforme o cenário que foi citado, trabalharei por todo estado, porque acredito que é para isso que um governador e um vice-governador são eleitos. E por saber dos desafios e das necessidades da Região do Entorno com certeza darei o meu máximo para melhorar a vida de cada cidadão.

 

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *