Erika Kokay e os bolsomitos brasilienses

Jair Bolsonaro ‘barra’ saída da Dep. Erika Kokay de Comissão que discutia a homofobia. Foto: Reprodução/Youtube

 

Por Fred Lima

 

O PT-DF quer que a deputada federal Erika Kokay seja a candidata do partido ao Palácio do Buriti nas eleições deste ano. Se topar a missão, a parlamentar terá pela frente um quadro extremamente adverso.

De acordo com o último levantamento feito a pedido do portal Metrópoles, Jair Bolsonaro (PSL) lidera a pesquisa para presidente no DF.  O problema está aí. Bolsonaro representa a direita, e Erika, a esquerda. Ou seja, os eleitores do presidenciável dificilmente votariam em um candidato do PT.

Nas eleições de 1994, o então petista Cristovam Buarque venceu o pleito no segundo turno, enquanto Fernando Henrique Cardoso (PSDB) foi o preferido dos brasilienses para subir a rampa do Palácio do Planalto. Naquela época, a linha ideológica do PT e do PSDB não era tão distante, tanto é que os tucanos apoiaram Lula no segundo turno da eleição de 1989.

Com a queda do PT no plano nacional, bem como o recall da herança Agnelo, a legenda não terá vida fácil na capital, cuja maioria dos eleitores votaria em Bolsonaro, adversário de Kokay na Câmara dos Deputados.

 

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *