Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes em Planaltina-DF

No dia 17 de maio de 2000, foi estabelecido através da lei nº 9.970, o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças a Adolescentes, com o intuito de ajudar a combater esse crime que atrapalha tantas crianças e jovens, influenciando diretamente no seu desenvolvimento físico e psicológico.

Essa data foi definida, a partir de um caso que chocou o país no ano de 1973, em Vitória – ES. O “Caso Araceli”, uma menina de 8 anos, que desapareceu ao sair da escola, foi raptada, drogada, estuprada, morta e carbonizada. Dias após o desaparecimento, no dia 24 de maio, o corpo de Araceli foi encontrado em avançado estado de decomposição em uma mata. Após 45 anos, o crime continua sendo um mistério.

Ao longo desses 18 anos, desde que essa data foi definida, em várias cidades são realizadas atividades nas escolas e em outros espaços sociais, como por exemplo, caminhadas onde alunos, professores, diretores se unem com um único propósito.

Em Planaltina-DF não foi diferente. Na manhã de hoje (18), alunos saíram das salas de aula e foram às ruas para conscientizar à população sobre esse mal, que infelizmente assombra muitas famílias. Contando também com a presença e apoio da Administração Regional, Creas e Cras, Regional de Ensino, dentre outros.

Jovens que se sintam coagidos ou que sofreram algum tipo de exploração, poderão fazer uma denúncia anônima através do Disque 100.

 

Fonte: Blog do Ulhoa

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *