O anti-Rollemberg vai ao segundo turno

 

Por Fred Lima

 

Tudo indica que a eleição ao governo de Brasília será fragmentada, com vários candidatos querendo sentar na principal cadeira do Executivo. Só que, como aconteceu na maioria dos pleitos passados, a polarização entre situação e oposição deve continuar.

De um lado aparece o governador candidato à reeleição, Rodrigo Rollemberg (PSB), que tem um alto índice de rejeição, de acordo com o último levantamento. De outro, vários pré-candidatos despontam como alternativa após a saída do ex-pré-candidato do PR, Jofran Frejat.

Quem prevalecer nos debates e nos programas eleitorais como o líder da oposição, com certeza estará com o passaporte garantido para o segundo turno. Candidato sem posicionamento, que permanece em cima do muro na hora de criticar a gestão socialista, ficará para trás.

Ou Rollemberg passa a ser o alvo, ou então engole a todos numa bocada só.

 

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *