Pesquisa Datafolha ao Buriti: não existe liderança dentro da margem de erro

Foto: Reprodução

 

Por Fred Lima

 

A pesquisa Datafolha ao Governo do Distrito Federal, divulgada ontem (6), revelou novamente que a disputa permanece imprevisível, com Eliana Pedrosa (Pros) alcançando 18%. Em segundo lugar, o candidato à reeleição, Rodrigo Rollemberg (PSB), aparece com 15%. Rogério Rosso (PSD) pontua 12%.

 

Segue o ranking:

 

Estimulada

Eliana Pedrosa (Pros): 18%
Rodrigo Rollemberg (PSB): 15%
Rogério Rosso (PSD): 12%
Alberto Fraga (DEM): 10%
Ibaneis Rocha (MDB): 4%
General Paulo Chagas (PRP): 3%
Fátima Sousa (PSol): 3%
Júlio Miragaya (PT): 3%
Alexandre Guerra (Novo): 3%
Renan Rosa (PCO): 0%
Guillen (PSTU): –
Brancos/nulos: 21%
Não souberam: 8%

 

Espontânea

Rodrigo Rollemberg (PSB): 9%
Eliana Pedrosa (Pros): 8%
Alberto Fraga (DEM): 6%
Rogério Rosso (PSD): 4%
Ibaneis Rocha (MDB): 2%
Alexandre Guerra (Novo): 1%
Fátima Sousa (PSol): 1%
General Paulo Chagas (PRP): 1%
Júlio Miragaya (PT): 1%
Outras respostas: 6%
Brancos/nulos: 15%
Não souberam: 47%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pela Folha de São Paulo. É o segundo levantamento do Datafolha realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

Foram ouvidos 910 eleitores de todas as regiões do DF de 4 a 6 de setembro. O nível de confiança é de 95%. O registro no TSE é o DF-06008/2018.

 

Sem líder

Como a margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos, Eliana, Rollemberg e Rosso estão tecnicamente empatados na estimulada. Nesse caso, não existe liderança, já que a espontânea mostrou outra realidade, com Rogério Rosso caindo para a quarta posição e Fraga assumindo o terceiro lugar, bem como com Rollemberg na dianteira. Ou seja, a incógnita permanece.

 

Da Redação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *