Pesquisa Datafolha: Eliana não caiu, cresceu. Fraga e Ibaneis também subiram

Foto: Reprodução

 

Por Fred Lima

 

Toda pesquisa deve ser comparada com a anterior do mesmo instituto. Cada um utiliza a sua própria metodologia. Dessa forma, não é correto comparar uma pesquisa do Ibope com o do Datafolha.

Na pesquisa divulgada nessa quarta-feira (18), a candidata ao Palácio do Buriti, Eliana Pedrosa (Pros), cresceu 2% em comparação com o levantamento anterior e agora aparece com 20%. Alberto Fraga (DEM) foi de 10% para 14%. Ibaneis Rocha (MDB) subiu de 4% para 13%. Já o candidato à reeleição Rodrigo Rollemberg (PSB) oscilou três pontos para baixo no limite da margem de erro e está com 12%. Rogério Rosso (PSD) também oscilou e tem 11%, 1 ponto a menos que na pesquisa anterior.

 

Segue o ranking:

Eliana Pedrosa (Pros) – 20%
Alberto Fraga ( DEM) – 14%
Ibaneis Rocha (MDB) – 13%
Rodrigo Rollemberg (PSB) – 12%
Rogério Rosso (PSD) – 11%
General Paulo Chagas (PRP) – 5%
Miragaya (PT) – 3%
Alexandre Guerra (Novo) – 2%
Fátima Sousa (PSol) – 2%
Renan Rosa (PCO)) – 0
Guillen (PSTU) – 0
Não sabem- 4%
Brancos/nulos – 14%

 

Nas simulações de segundo turno, Eliana venceria Fraga, Rosso e Rollemberg. Confira:

Eliana 47% x 25% Rollemberg (branco/nulo: 26%; não sabe: 2%)
Eliana 41% x 31% Fraga (branco/nulo: 24%; não sabe: 3%)
Eliana 39% x 32% Rosso (branco/nulo: 25%; não sabe: 3%)
Rollemberg 26% x 43% Rosso (branco/nulo: 28%; não sabe: 2%)
Rollemberg 28% x 43% Fraga (branco/nulo: 26%; não sabe: 3%)
Rosso 35% x 36% Fraga (branco/nulo: 26%; não sabe: 4%)

 

Sobre a pesquisa

  • Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos
  • Quem foi ouvido: 914 eleitores de todas as regiões do DF, com 16 anos ou mais
  • Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro
  • Registro no TSE: DF-05089/2018
  • nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.
  • 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado

 

Da Redação (com informações do G1)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *