Ibaneis faz o que Agnelo e Rollemberg não fizeram na transição: articulação política em prol de recursos para o DF

Foto: Arthur Menescal

 

Por Fred Lima

 

Em seu segundo dia como governador eleito, Ibaneis Rocha (MDB) demonstrou ser uma máquina política, mesmo sendo rotulado de ‘outsider’. Na segunda-feira (29), o emedebista se reuniu com o presidente Michel Temer para tratar sobre o Fundo Constitucional, a criação da Região Metropolitana do DF e busca de recursos.

Hoje, o governador eleito se reuniu com os deputados distritais na Câmara Legislativa para tratar sobre o orçamento do DF para o próximo ano. À noite, ofereceu um jantar aos ministros Gilberto Magalhães Occhi (Saúde), Alexandre Baldy (Cidades), Gustavo Rocha (Direitos Humanos) e ao governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM).

Diferentemente do atual governador e do antecessor, Ibaneis dobra as mangas da camisa em busca de recursos para a capital antes mesmo de assumir o governo. O gesto demonstra interesse em cumprir suas principais promessas de campanha, como o reajuste de 37% para os policiais civis e militares, além dos bombeiros.

 

Da Redação

 

One thought on “Ibaneis faz o que Agnelo e Rollemberg não fizeram na transição: articulação política em prol de recursos para o DF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *